Roendo o osso – as máximas (e mínimas) do cachorrinho

Código: TK5A2QVV4 Marca:
R$ 4,90
até 3x de R$ 1,63 sem juros
Comprar Estoque: Disponível
  • R$ 4,90 PagSeguro
  • R$ 4,90 American Express, Visa, Diners, Mastercard, Aura, Hipercard, Elo
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

Roendo o Osso, de Mouzar Benedito e do cartunista Ohí, traz uma seleção de tiras do cachorrinho, personagem criado para o jornal Brasil Agora. O periódico circulou no início da década de 90, ligado ao PT. Sem nome, pedigree, nem maiúscula na inicial, o personagem vai se defendendo neste mundo cão. No prefácio, o jornalista Gilberto Maringoni escreve: “O cachorrinho nunca foi vacinado, nunca obedeceu a placas tipo ‘cuidado com o cão’ e sempre inventou de fazer o que não devia. Meio sem eira nem beira, o cachorrinho virou animal sem dono e sem patrão.”

R$ 4,90
até 3x de R$ 1,63 sem juros
Comprar Estoque: Disponível
Pague com
  • PayPal
  • PagSeguro
Selos
  • Site Seguro

Publisher Brasil Editora - CNPJ: 00.233.706/0001-01 © Todos os direitos reservados. 2018


Para continuar, informe seu e-mail